O conceito do marketing por Kotler e a marca pessoal

Assim como o marketing 3.0 de Kotler explora o conceito do marketing não convencional na Virgin e da imaginação criativa na Apple, ambos voltados para o marketing emocionalmente relevante, onde exploramos o entendimento das ansiedades e desejos do consumidor por meio do triângulo: marca, posicionamento e diferenciação e introduz os 3is: identidade, integridade e imagem da marca, olho  para nós e pergunto: quanto investimos nesse conceito, considerando a nossa principal marca, a marca pessoal, o "EU"? 

A marca pessoal é a marca que nos identifica, ou seja, é o nosso posicionamento na mente do cliente. É a nossa marca que gera integridade entre o que falamos e fazemos, ou seja, é a concretização do que foi defendido a respeito do posicionamento e a diferenciação da marca é a que fixa a imagem junto aos nossos clientes, conquistando suas emoções. Leia-se clientes, as pessoas que nos conectamos diariamente em nossas vidas.

Para facilitar a resposta segue alguns conceitos, onde:
A marca é a identidade na mente do cliente, porém não é necessariamente boa. 
O posicionamento é a alegação que alerta o cliente sobre uma marca não autentica.
A diferenciação é o DNA que reflete a integridade da marca.

Tendo como principal objetivo: ser relevante para o ser humano como um todo: mente, alma e espírito, seguimos o caminho pela trilha da mente e o espírito, buscando atingir o posicionamento na mente do cliente para que ele tome a decisão da compra da minha marca, confirmando assim a diferenciação para a decisão, levando o coração a efetivar a compra. Leia-se compra da marca a decisão da concretização de uma parceria, o apoio em um projeto, o conflito positivo e o compartilhar conhecimento. 

Gero essas reflexões por saber que na loucura do dia a dia, nos esquecemos do que mais importa: A NOSSA MARCA. Esquecemos de criar e fortalecer a marca que deixamos pelos caminhos das negociações que realizamos, dos projetos que entregamos, das vendas que concretizamos e dos acordos que chegamos.

Esta é a marca pela qual, dia após dia, devemos cuidar, alimentar e divulgar. Então reflita e defina um plano de ação para a sua marca pessoal: Como você faz os seus "clientes" terem conhecimento sobre suas realizações? Como você lida com o pensamento: "Se eu falar sobre o que fiz vão me achar metido ou prepotente? O que você pode colocar em prática a partir de hoje para fortalecer a sua marca e torná-la conhecida?

 #marketingpessoal #autodesenvolvimento #movingforwardheads #marcaforte #personalbranding

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quer ser a galinha ou o tigre?

O novo conceito de PRODUTIVIDADE e a cultura da competição colaborativa